ENTIDADES LABORAIS E PATRONAIS

AUTONOMIA DA PROFISSÃO ODONTOLÓGICA - A profissão odontológica no Brasil é regida pela Lei Federal no. 5.081/1966. Ela estabelece o independente exercício das atividades do Cirurgião-Dentista e as competências exclusivas deste profissional, no âmbito da saúde humana, sendo as mesmas, vedadas às outras profissões com formações universitárias. (ver íntegra...)

RECONHECIMENTO DA ESPECIALIDADE DE ODONTOLOGIA DO TRABALHO - Esta nova especialidade da Odontologia é regulada pela Resolução CFO N°022/2001, que trata do reconhecimento das novas especialidades, seguida da Resolução CFO N° 025/2002, a qual disciplinou as competências das novas especialidades. Mais Detalhes...

VALORIZAÇÃO DA SAÚDE E SEGURANÇA - A adoção das práticas da Odontologia do Trabalho constitui mais um avanço no sentido de preservar a saúde e segurança do indivíduo e coletividade produtiva, somando-se às demais ações que buscam conciliar respeito e preservação humana com desenvolvimento tecnológico e produção de bens e serviços. Programas de Monitoramento e Promoção da Saúde Oral, através das ações da Odontologia do Trabalho, têm sido ponto de convergência entre Representações Sindicais e Prepostos Corporativos nas negociações em diversos acordos coletivos de trabalho, demonstrando a preocupação de ambas as partes para com a Saúde Oral dos trabalhadores, entendendo-a como parte inseparável na promoção da Saúde e Segurança nos processos produtivos. Para mais detalhes, contate-nos!